Faturamento do agronegócio paranaense deve crescer 10% em 2018

Norberto Ortigara, secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento. (Foto: Pedro Ribas/ANPr)

O faturamento do agronegócio paranaense deve crescer 10% neste ano. A estimativa é da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento que acredita que o ano será favorável ao setor por causa do aumento dos preços internacionais das commodities e a demanda da China. Em 2018, a produção de grãos deve ser menos em comparação ao ano passado. No entanto, de acordo com o secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, o Paraná terá um crescimento na receita devido ao aumento ao poder de compra dos consumidores.

Segundo a Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, o agronegócio representa 30% da economia paranaense. Os programas para desenvolvimento do setor, como: sanidade, manejo de solos, microbacias, fomento à agricultura familiar e atenção especial a regiões mais vulneráveis, como as atendidas pelo programa Pró-Rural, vão continuar em 2018. De acordo com o governo, mais de cento e trinta e dois municípios são benefícios com os programas. Segundo o Departamento de Economia Rural (Deral), a safra 2017/2018 terá uma queda de 10% em relação ao período anterior, somando trinta e cinco milhões e quinhentas mil toneladas. Para o diretor-geral do Deral, Francisco Carlos Simioni, mesmo com a diminuição da produção de grãos, a expectativa  é de um cenário econômico positivo.

De acordo com Sindicato da Indústria Avícola do Paraná, o estado deve ter um crescimento, neste ano, de até 6% na produção e exportação de aves. O Paraná é responsável por mais de 36% das exportações de frango do país.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*