Fornecimento de gás natural não deve ser comprometido por causa da greve dos caminhoneiros, afirma Compagas

(Foto: divulgação/Compagas)

A Compagas emitiu uma nota em que garante que o fornecimento de gás natural para clientes atendidos pela rede de distribuição não será afetado por causa da greve dos caminhoneiros.

Segundo a Compagas, o gás natural é distribuído por meio de tubulações subterrâneas, de forma segura e ininterrupta e por isso não haveria risco dos consumidores ficarem sem o combustível. O fornecimento de gás natural pode sofrer interrupções apenas em locais atendidos por meio do Gás Natural Comprimido (GNC) e pelo Gás Natural Liquefeito (GNL) – Curitiba, Colombo, Paranaguá, São Mateus do Sul e Londrina.

Isso porque, nestes municípios, o combustível chega por meio de caminhões até as estações de consumo. No total, 6 clientes industriais e 4 postos de combustível que revendem o Gás Natural Veicular (GNV) podem ter a descontinuidade no abastecimento. Mas segundo a Compagas, essas operações representam menos de 5% do volume total distribuído.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*