Frio aumenta o número de moradores de rua atendidos em Curitiba

A queda nas temperaturas aumentou o número de moradores de rua atendidos pelo resgate social. Segundo a diretora de Proteção Social, do Resgate Social, Márcia Esteio, apesar das baixas temperaturas, ainda há pessoas que recusam a abordagem. Em média são atendidas 300 pessoas por noite, como explica a diretora. A Central 156 da prefeitura funciona 24 horas por dia. A Central de Resgate Social fica na Rua Conselheiro Laurindo, 792, no Centro.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*