Funcionários do Hospital Evangélico estão em greve

O objetivo é receber os salários e benefícios atrasados. Segundo o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Curitiba e Região (Sindesc) são quatro meses de atraso. A presidente do Sindesc, Isabel Gonçalves, relata alguns dos pedidos dos técnicos auxiliares do hospital.

A assessoria do Evangélico disse que acontece apenas uma manifestação, a presidente do sindicato fala que é greve sem data para volta.

A assessoria de imprensa do Hospital Evangélico confirma que dois meses estão atrasados no vale-alimentação, abril e maio. Junho ainda não venceu. A situação do vale-alimentação deve ser normalizada ainda hoje. Sobre as férias e FGTS não há previsão. Está suspenso o serviço de emergências do Siate e Samu no hospital. A assessoria relata ainda que o sindicato divulgou a data errada dos acordos feitos com o hospital gerando confusão. A maior parte dos recursos deveria vir do SUS.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*