Futuro de Derosso é decidido hoje pelo PSDB

O PSDB decide hoje à noite o futuro político do ex-presidente da Câmara de Vereadores de Curitiba, João Claudio Derosso. O pedido de afastamento do vereador do ninho tucano foi feito oficialmente pelo deputado federal Fernando Francischini. Se for expulso, João Cláudio Derosso pode perder o mandato de vereador e passar o cargo para o suplente Edson do Parolin. Ele também perde a condição de pré-candidato do partido para reeleição no cargo de vereador. Para o presidente do PSDB do Paraná, Valdir Rossoni, é necessária uma avaliação profunda do caso de João Cláudio Derosso. De qualquer forma, o veredicto final ocorrerá ainda na noite de hoje.

Valdir Rossoni negou que as denúncias contra o vereador tenham partido de dentro do ninho tucano. De acordo com ele, o julgamento passa exclusivamente por uma decisão ética.

João Cláudio Derosso é investigado por supostamente ter autorizado gastos irregulares com publicidade e a contratação de funcionários fantasmas, além de nepotismo por contratar a sogra e a cunhada para cargos públicos. Derosso estava há 15 anos na presidência da Câmara.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*