Giro nas Ruas dessa segunda é na Rua Barão de Guaraúna

Domingos Ferreira Pinto nasceu em Curitiba no dia 3 de setembro de 1820. Ele foi tropeiro e também dono de fazendas de criação na região dos Campos Gerais e, ao longo da vida, fez uma grande fortuna a partir da pecuária.

Casado com Maria Ambrósia Rocha, natural de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, Domingos viveu em Ponta Grossa no local onde hoje funciona o Quartel General da 5ª Infantaria Blindada. Por indicação do então Presidente da Província, ele hospedou Dom Pedro II durante uma visita à cidade no ano de 1880.

Agradecido, ao voltar para o Rio de Janeiro, o imperador agraciou o paranaense com o título de Barão de Guaraúna. Domingos, por sua vez, ignorou a importância do documento e nunca registrou o título e nem confeccionou um brasão.

O curitibano ilustre morreu no dia 20 de setembro de 1891 e, depois disso, a família até tentou validar o título, mas isso não foi possível. A esposa dele então mandou registrar o nome de Barão de Guaraúna e um brasão no mausoléu onde o marido foi sepultado.

O Mucha Breja é uma franquia de São Paulo instalada há três meses na Rua Barão de Guaraúna, em Curitiba. Apaixonados por cervejas artesanais, Paulo Castro Silva, de Belo Horizonte, Minas Gerais, e Ana Elice Camargo, decidiram trazer o negócio para o Paraná e abrir o estabelecimento em sociedade.

O espaço oferece um mix variado de chopes e cervejas artesanais e Paulo conta que trabalhava com Comércio Exterior antes de se lançar no mercado curitibano.

Paulo explica que o bar trabalha com aproximadamente 100 tipos de cervejas e que o cardápio também é rotativo e muda a cada 15 dias. Ele explica que o espaço funciona no estilo europeu, ou seja, os próprios clientes se servem.

(Foto: Reprodução / Google Street View)

O Mucha Breja funciona de terça a quinta-feira, das 18 horas à meia-noite e, na sexta, vai até a 1 hora. Aos sábados, o espaço abre às 11 horas e fecha à 1 hora , e nos domingos, vai das 16 horas às 22 horas.

(Foto: Reprodução / Google Street View)

Nathan McCartney é australiano e morou 10 anos em Londres, na Inglaterra, onde conheceu a esposa, que é brasileira do Paraná. Juntos, os dois vieram para o Brasil e, há seis anos, os dois vivem em Curitiba, onde abriram o ateliê Oficina Fine Arts

Nathan lembra que, no início, o estabelecimento era pequeno e mais voltado a projetos pessoais, mas acabou crescendo com o passar do tempo.

O ateliê Oficina Fine Arts que, traduzindo para o português, significa Oficina de Belas Artes, trabalha principalmente com móveis. Para participar das aulas, basta fazer uma busca simples no Facebook e escolher uma das atividades disponíveis.

As atividades são diferentes dependendo do público-alvo. A oficina funciona todos os dias das 9 horas  às 18 horas e fica na Rua Barão de Guaraúna, 637, no Alto da Glória.

(Foto: Reprodução / Google Street View)

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*