Giro nas Ruas dessa segunda-feira é na Alamenda Júlia da Costa

Julia da Costa foi uma escritora nascida em Paranaguá em primeiro de julho de 1844. Autora de crônicas e poemas em folhetins, ela apreciava o gênero romance. Julia casou-se muito nova com um rico viúvo, mesmo sendo apaixonada pelo poeta Benjamin Carvoliva, com quem se correspondia secretamente. A poetisa ganhou notoriedade com a obra Flores Dispersas, publicada por outro poeta paranaense em 1867. Julia da Costa mudou-se para São Francisco do Sul em Santa Catarina onde participou ativamente da vida política e social da cidade. Uma das frases da autora reflete o papel feminino em sua época: “Ser inteligente é um fardo muito pesado para uma mulher”. Júlia morreu em 1911, em São Francisco do Sul. Os restos mortais da autora foram encontrados na praça Fernando Amaro, em Paranaguá, durante a realizada de obras no local no ano de 2009.

A Central do Abacaxi é uma casa colorida que fica na Alameda Julia da Costa e funciona como um restaurante no estilo “Slow Food”. A proposta é ir na contramão dos Fast Food e servir comida caseira, sem um cardápio definido. A ideia começou sem espaço físico até ganhar uma casa própria em 2015. Uma das sócias do espaço, Camila Lovato conta como funciona o restaurante.

A Central do Abacaxi funciona de quinta a domingo, do meio-dia às sete da noite. Os pratos custam em média R$25 durante a semana e R$35 aos finais de semana.

A Casa Cento e Dois é um espaço colaborativo na Alameda Júlia da Costa que reúne marcas curitibanas sustentáveis. A loja tem o objetivo de divulgar os fabricantes locais e promover festas e eventos abertos ao público nos finais de semana, como conta uma das idealizadoras da casa, Daiana Lopes.

Um grafite na entrada da Casa chama atenção para o espaço que fica aberto diariamente da uma da tarde às sete da noite. A programação com os eventos da Casa 102 e fotos dos produtos da loja estão disponíveis no facebook da casa.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*