Giro nas Ruas desta segunda-feira é na Rua Comendador Macedo

Foto: reprodução/Google Street View

Foto: reprodução/Google Street View

O Giro nas Ruas desta segunda-feira (2) é na Rua Comendador Macedo, que liga o Centro ao bairro Alto da Glória. A homenagem é a José Borges de Macedo, considerado o primeiro prefeito da cidade. E agora vamos conhecer um pouco mais sobre a história desta via, com Guilherme Grandi.

Uma das construções que chamam a atenção na Rua Comendador Macedo é o Museu do Expedicionário. Junto à Praça do Expedicionário, o local conta a história da participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial. Antes de se tornar museu, a casa era utilizada como espaço de auxílio para ex-combatentes, onde eram oferecidos serviços de apoio em diversas áreas. Em 1951 o local, mantido pela Legião Paranaense do Expedicionário, era chamado de Sala Tenente Max Wolf Filho. De acordo com a presidente do Museu, Valderez Ferreira, naquela época já eram guardados alguns objetos trazidos pelos expedicionários.

Além da biblioteca, os visitantes também podem ver objetos, fotos e vídeos dispostos em uma área de mais de mil metros quadrados. O museu conta também com a ajuda da tecnologia para mostrar a participação da Força Expedicionária Brasileira na Segunda Guerra Mundial. Um totem exibe documentários que são atualizados a cada quinze dias. Ainda segundo a presidente do museu, os mais de dois mil itens estão em exposição constantemente.

A entrada é gratuita e o museu funciona de terça a sexta-feira, das 10h às 12h e das 13h às 17h. Nos finais de semana, a visitação pode ser feita apenas na parte da tarde, das 13h às 17h.

Na Rua Comendador Macedo também encontramos uma das sedes da Escola de Música e Belas Artes do Paraná (Embap). A instituição pública de ensino superior foi fundada em 1948, na Sociedade de Cultura Artística Brasílio Itiberê. Em 1954 a escola foi reconhecida pelo Conselho Federal de Educação e hoje é ligada à Universidade Estadual do Paraná. A instituição é mantida pelo governo e atende mil e cem alunos. Os estudantes podem optar pela formação artística e acadêmica na área de belas artes ou música. A diretora da Escola, Maria José Justino, conta que a instituição conquistou grande prestígio na formação de artistas.

A escola tem vários grupos artísticos, como a Orquestra Sinfônica, com oitenta membros, a Banda Sinfônica, Orquestra de Cordas, entre outros. A diretora explica ainda que a instituição busca apoio para melhorar a estrutura, que necessita algumas mudanças, como o isolamento acústico.

Além dos cursos de graduação, a instituição oferece pós graduação nas áreas de artes visuais e música. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (41) 3017-2071.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*