Governo do Estado lança campanha “Maio Amarelo”

Foto: Orlando Kissner/ANPr

Foto: Orlando Kissner/ANPr

A campanha “Maio Amarelo 2017” foi lançada na manhã de hoje (sexta-feira, 05) pelo Governo do Estado. A mobilização internacional tem como objetivo combater os acidentes de trânsito. O tema deste ano é “Minha escolha faz a diferença”. Durante todo o mês de maio, várias ações educativas vão ser realizadas para a prevenção de acidentes. De acordo com a coordenadora do setor de programas educativos do Detran, Jussara Ribeiro, nesta edição, a campanha vai ter uma novidade. O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) vai tratar o tema de forma divertida, semelhante com a “Campanha Perigosa Mente no Trânsito”, lançada no final de 2016. A ação usava a linguagem divertida dos desenhos animados para mostrar atitudes comuns no trânsito que causam terríveis consequências.

A campanha vai ser composta por palestras, teatros, blitz, visita às escolas, universidades, passeios ciclísticos e passeatas ao longo do mês. Além disso, o monitoramento nas ruas dos munícipios paranaenses vai ser intensificado. Segundo o Diretor do Detran, Marcos Traad, quando há fiscalização, o número de acidentes tende a diminuir.

A fiscalização vai ser fortalecida, também, nas rodovias que cortam o estado. De acordo com o Coronel da Polícia Militar, Antonio Zanatta, os acidentes em estradas tiveram uma redução de 30%. A intensão é chegar aos 100%.

No entanto, o representante do Observatório Nacional de Segurança Viária, Mauro Gil Meger, não acredita que o Paraná e todo o país alcancem a meta estabelecida pela ONU – redução de 50% nos acidentes de trânsito.

A programação da campanha já foi divulgada. Na noite de hoje (sexta-feira, 05), equipes do Detran fazem a ação “Se Liga no Trânsito – Se beber não dirija”, em parceria com a equipe do projeto Balada Protegida da prefeitura de Curitiba. Amanhã (sábado, 06), motociclistas vão poder tirar dúvidas em uma ação educativa que acontece na Rua João Negrão. No dia 20, o Batalhão de Polícia de Trânsito (BPtran) e a Conciclo (Conselho Paranaense de Ciclomobilidade) vão realizar um passeio ciclístico nos parques da capital. As ações, também, acontecem em várias cidades do estado, como: Maringá, Pato Branco, Castro e Rio Bonito do Iguaçu. De acordo com o governador Beto Richa, a campanha de conscientização é essencial na diminuição de acidentes, que são ocasionados, na maioria das vezes, por falha humana.

Em 2010, a Organização das Nações Unidas criou uma resolução, determinando que entre os anos de 2011 e 2020, novas ações para o combate aos acidentes de trânsito iriam ser realizadas. A ação foi elaborada após um balanço da Organização Mundial da Saúde, que registrou mais de um milhão e duzentas mortes por acidentes de trânsito, em cento e setenta e oito países, somente no ano de 2009. Ainda segundo a OMS, esta é a nona causa das mortes no mundo.

A Organização da Saúde estima que se não houver ações de conscientização e combate a acidentes, quase dois milhões de pessoas devem morrer até 2020, e assim, passar de nona para a quinta maior causa de óbitos no mundo. Com a campanha, a ONU pretende preservar, por meio de planos nacionais, regionais e mundial, cinco milhões de vidas até 2020.

No Paraná, a campanha é realizada pelas Polícias Rodoviárias Federal e Estadual, Polícia Militar Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), Detran, Secretarias Estaduais da Segurança Pública, da Saúde e do Meio Ambiente, Federação das Indústrias do Estado do Paraná, Associação Comercial do Paraná, Departamento de Estradas e Rodagem (DER-PR), Conselho Estadual de Trânsito do Paraná e as prefeituras dos municípios paranaenses.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*