Greve de funcionários da Volvo entra no 3º dia

Quase 350 veículos já deixaram de ser produzidos na Volvo por causa da greve dos funcionários, que entra hoje no terceiro dia. A empresa produz em média 108 caminhões e oito ônibus diariamente.  De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba, 100% dos operários da empresa aderiram à paralisação. Os trabalhadores reivindicam maior Participação nos Lucros e Resultados da Empresa. De acordo com o vice-presidente do sindicato, Nelson de Souza, uma proposta melhor foi apresentada hoje pela Volvo, mas ainda não agradou todos os trabalhadores.

Mais de quatro mil trabalhadores da empresa aderiram a greve. Com isso, a linha de produção está totalmente parada. Apenas alguns setores da empresa funcionam, como os trabalhadores administrativos.

Amanhã, está marcada uma assembleia para os funcionários da Volvo votarem se aceitam a nova proposta e encerram a paralisação. A reunião é a partir das sete e meia da manhã, na fábrica de caminhões e ônibus da Volvo em Curitiba fica na Cidade Industrial.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*