Greve prejudica atendimento no HC

Pelo menos 100 exames foram desmarcados no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná por causa da paralisação de 48h dos servidores da instituição que começou hoje. No setor de tomografia, por exemplo, só os casos de urgências são atendidos. A reportagem entrou em contato com o setor, depois que um ouvinte ligou para reclamar que o exame dele foi desmarcado. Uma atendente que não sabia que a conversa era gravada confirmou os cancelamentos. Ela conversou com Amanda Menezes. A assessoria de marketing do HC, que inicialmente havia divulgado que nenhum exame foi desmarcado, voltou atrás e confirmou que as tomografias foram canceladas. O setor tem apenas três servidores e ninguém apareceu para trabalhar nesta quarta-feira. Segundo a assessoria, os pacientes foram avisados por telefone ontem  e quem não foi localizado e apareceu hoje foi atendido. A paralisação dos servidores é para pedir reajuste salarial e melhorias na carreira, como explica o diretor do sindicato que representa a categoria, o Sinditest, Bernardo Pilotto.  Não está descartada a possibilidade de os servidores da UFPR deflagrarem uma greve.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*