Grupo de brasileiros vai encarar o Campeonato Mundial de Meio Iron

Foto: site Oficial Iron Man 70.3

No próximo fim de semana (09 e 10 de setembro), um grupo de pelo menos 100 brasileiros, sendo 20 deles paranaenses, vai encarar o Campeonato Mundial de Meio Iron ou Ironman 70.3, que vai ser realizado na cidade de Chattanooga, nos Estados Unidos. Durante a prova, os atletas fazem 1.900 metros de natação, 90 quilômetros de ciclismo e 21 quilômetros de corrida. O curitibano Anderson Lima faz triatlon há doze anos, mas essa vai ser a primeira vez que vai participar do campeonato mundial. Ele conta que para chegar até lá teve que passar por fases classificatórias e superou cerca de 180 mil atletas.

Um pouco mais experiente, Guilherme Valente, já participou de nove competições de longa distância e é a segunda vez que vai para um campeonato mundial. Ele conta que estudou todo o percurso da competição e se diz preparado para encarar as três modalidades da prova.

São mais de dois mil atletas, considerados os melhores do mundo. Anderson Lima diz que o objetivo dessa prova é superar a si mesmo, conseguir finalizar as três etapas da maratona no menor tempo possível e, principalmente, fazer com que os nomes do Paraná se tornem conhecidos em âmbito mundial.

Guilherme Valente lamenta que o Brasil não tenha tanta estrutura para treinamentos, mas espera que os atletas brasileiros consigam conquistar boas marcas na prova. Para ele, chegar até o mundial é uma forma de demonstrar que todos os obstáculos foram superados.

O triathlon chegou ao Brasil em 1981, mas a primeira competição oficial só aconteceu em 1983, no Rio de Janeiro. Hoje o triathlon segue as regras da ITU (International Triathlon Union) e no Brasil, da CBTri (Confederação brasileira de Triathlon). Atualmente, o esporte é praticado por mais de 1 milhão de pessoas.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*