Guarda Municipal que trafegava na canaleta se envolve em confusão

A discussão entre um motorista do transporte coletivo e um guarda municipal de Curitiba que dirigia uma viatura causou uma confusão hoje (quarta) à tarde na canaleta da Marechal Floriano Peixoto, esquina com a Avenida Iguaçu. Segundo o motorista do ônibus Ligeirão Boqueirão, Vanderlei Lima, ele dirigia pela canaleta quando o motorista da viatura da Guarda mandou ele parar. A pista é exclusiva para o transporte coletivo e só pode ser usada por policiais, guardas e ambulâncias em casos de emergência, o que não era o caso. Todos os 150 passageiros que estavam no veículo tiveram que descer e embarcar em outro coletivo. O motorista Vanderlei Lima questiona a atitude do Guarda Municipal.

Ele diz que nunca teve problemas com a Guarda Municipal e reclamou da confusão.

Em abril, uma mulher morreu atropelada por uma viatura da Polícia Militar na mesma canaleta da Marechal Floriano Peixoto, no cruzamento com a Rua Antonio Parolin Junior. A viatura era descaracterizada. Depois disso, em maio, foi realizada uma operação especial pelo Batalhão de Trânsito da Polícia Militar e a Secretaria de Trânsito, para coibir o uso incorreto das canaletas. Em um dia, foram abordadas 18 viaturas e duas ambulâncias. A maioria estava irregular. O secretário de Defesa Social, Nazir Chain, determinou a abertura imediata de procedimento disciplinar. Se os agentes agiram com desvio de conduta ou abuso de poder, serão punidos exemplarmente. Ele ainda determinou afastamento do supervisor e do guarda municipal envolvidos na confusão de hoje, até a conclusão do processo disciplinar.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*