Hemepar faz cadastros de doadores de medula óssea em unidades de 21 regiões do Paraná

O Dia Mundial do Doador de Medula Óssea é celebrado nesse sábado (16). O objetivo é difundir informações e promover ações de conscientização sobre a importância de ser um doador voluntário. Para marcar a data o Hemepar faz o cadastro dos doadores de medula nas unidades em 21 regiões do Paraná. A estudante de medicina Jaqueline Midori Okada aproveitou a proximidade da data e fez o cadastro.

Um dos problemas enfrentados pelos profissionais da área é localizar os cadastrados. No ano passado, no Paraná, 43 pessoas apresentaram compatibilidade, mas não foram localizadas para que pudessem realizar o transplante.  Segundo a responsável pelos cadastros no Hemepar, Jaqueline Castro, atualização do cadastro é fundamental no processo de doação.

Para se cadastrar é necessário ter entre 18 e 54 anos, estar em bom estado de saúde e não ter doença infecciosa, doença no sangue, do sistema imunológico ou câncer. No Paraná existem 469 mil cadastrados – é o terceiro estado com maior número de cadastros do Brasil. Em 2016, 112 paranaenses receberam uma doação de medula óssea. A atualização do cadastro pode ser feita no próprio local de cadastro ou pelo site www.inca.gov.br/doador/

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*