Homem é preso por fraudar empréstimos milionários em nome de servidores públicos

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Um suspeito de comandar uma organização criminosa que fraudava empréstimos milionários foi preso pela Polícia Civil. Oziel Nunes de Jesus, 36 anos, seria o responsável por falsificar a assinatura de servidores públicos para obter dinheiro de instituições financeiras, de acordo com informações do Centro de Operações Policiais Especiais (COPE). Na casa dele, no bairro Cristo Rei, os policiais encontraram documentos, anotações e fotocópias de vários registros. O delegado Rodrigo Brown explica que a suspeita é de que Oziel seja o chefe da quadrilha, já que ele repassava aos demais membros 10% do que conseguia e se apropriava do restante.

Em junho, a polícia já havia detido um comparsa de Oziel: Jorge Mendes Costa, de 42 anos. Ele foi preso em flagrante, quando tentava dar o golpe dentro de um banco no Centro, em Curitiba.

Entre as vítimas da quadrilha estão policiais militares, policiais civis e bombeiros. O COPE agora trabalha para identificar e localizar a pessoa que seria a responsável por fornecer dados dos servidores públicos.

 

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*