Hospital Oswaldo Cruz é referência em Curitiba

O Hospital Oswaldo Cruz, há mais de 80 anos, é referência no atendimento a doenças infecciosas. Nos anos que antecederam as obras do prédio, Curitiba sofreu com duas grandes epidemias. Uma de tifo e outra de gripe espanhola. A primeira luta dos médicos do Oswaldo Cruz foi contra a tuberculose. Hoje, o desafio é a AIDS e a hepatite, como contra o diretor-geral Paulo Faria.

Outro motivo que levou a construção do Hospital foi a abertura dos portos do Paraná, que também trouxe com ela vírus desconhecidos. A instituição apareceu com outro nome.

A inauguração aconteceu quase 17 anos depois. Hoje, o Oswaldo Cruz atende exclusivamente pacientes do Sistema Único de Saúde. E a localização dele também tem um motivo nobre. O prédio está em uma quadra onde há pontos importantes de atendimentos à saúde da população.

O Hospital tem leitos voltados especialmente para os casos mais avançados das doenças. Os demais são destinados para pacientes que fazem o tratamento e voltam para dormir em casa. São pelo menos 150 atendimentos diários, com uma média de 50 pacientes internados por mês.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*