Índice de Intenção de Consumo das Famílias cai 27,9% em um ano

Foto: Marcelo Oliveira/Agencia RBS

Foto: Marcelo Oliveira/Agencia RBS

Uma pesquisa periódica da Confederação Nacional e da Federação do Comércio do Paraná indica pela primeira vez em cinco anos um índice de intenção de consumo abaixo do considerado aceitável. A ICF – Intenção de Consumo das Famílias – vem caindo desde o ano passado e em julho ficou em 95,5 pontos, abaixo da pontuação 100, usada como referência na pesquisa como uma zona de indiferença. A coordenadora de Pesquisas da Fecomércio, Priscila Andrade Takata, diz que o nível de intenção de consumo registrado agora faz parte de uma tendência que vem sendo acompanhada há alguns meses.

De acordo com Priscila, a pesquisa avalia vários outros índices pesquisados no mercado para medir o ânimo das famílias para o consumo.

Muito do comportamento dos consumidores, segundo Priscila, tem relação com a percepção deles sobre a crise.

A contenção no consumo foi equilibrada entre as classes econômicas. A redução foi de 27,9% em relação a julho de 2014 (132,5 pontos) e de 6,9% na comparação com junho deste ano (102,6 pontos). Mesmo com a diminuição, a perspectiva dos consumidores paranaenses ainda está acima da média nacional, que ficou em 86,9 pontos neste mês e também teve queda de 27,9% na variação anual.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*