Índios ocupam escritórios da Secretaria Especial de Saúde Indígena

Índios das etnias Kaingang, Guarani e Charrua do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e do Paraná ocuparam hoje os escritórios da Secretaria Especial de Saúde Indígena em três cidades: Curitiba, Guarapuava e Porto Alegre. Segundo a Articulação dos Povos Indígenas da Região Sul, responsável por organizar as manifestações nos estados, o grupo bloqueou o tráfego de veículos em cinco rodovias, sendo duas delas federais no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. Os manifestantes denunciam “o abandono da saúde indígena por parte do governo federal” e cobram do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, “a imediata solução dos problemas”. Entre as reivindicações estão a melhoria do salário do profissional de saúde que atua com povos indígenas, a construção, reforma e ampliação de unidades de saúde, a aquisição de leite em pó e leites especiais, aquisição de próteses dentárias, cadeiras de rodas e óculos.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*