Integrantes de quadrilha que aplicava golpes em clientes de agência bancárias são presos em SP

Imagem / divulgação Polícia Federal

Cinco pessoas foram presas durante uma ação da Polícia Federal deflagrada no Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e São Paulo. A Operação Fake Phone investiga uma quadrilha suspeita de aplicar golpes em clientes de agências bancárias nos estados do sul do País. De acordo com a PF, a organização criminosa usava o golpe “Posso Ajudar” com um telefone 0800 falso para roubar senhas de clientes.

A ação cumpriu na manhã de hoje dez mandados de busca e apreensão, cinco de prisão preventiva, um de prisão temporária e cinco de condução coercitiva – quando a pessoa é encaminhada para prestar depoimento. De acordo com a Polícia Federal, a quadrilha é residente em São Paulo. No entanto, os golpes eram aplicados no sul do estado.

Ainda de acordo com as investigações, o prejuízo aos bancos seria superior a duzentos mil reais. Em nota, a PF informa que “os investigados instalavam nas agências dispositivos para travamento de cartões nos terminais de autoatendimento, assim como um aparelho telefônico falso para obtenção de senhas bancárias.

De posse destas informações, os valores pertencentes às vítimas eram sacados ou transferidos para contas de ‘laranjas”. As prisões aconteceram no Estado de São Paulo.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*