Ippuc apresenta projeto Ligeirão Norte-Sul à OAB Paraná

 

O projeto Ligeirão Norte-Sul foi apresentado à OAB Paraná (Ordem dos Advogados do Brasil – PR) pelos técnicos do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc). A reunião aconteceu na noite dessa quinta-feira (22). Após a apresentação, a coordenação do Ippuc; as comissões de Direito Ambiental e de Direito à Cidade da OAB; e o Conselho de Segurança (Conseg) do Batel debateram o funcionamento da nova linha de transporte e o real impacto na região.

De acordo com o coordenador do projeto no Ippuc, Mauro Magnabosco, detalhes da primeira etapa do Ligeirão Norte-Sul – que vai ligar o Terminal Santa Cândida à Estação Bento Viana – foram apresentados a convite das Comissões da Ordem.

A função da OAB, neste projeto, é avaliar a questão da mobilidade urbana e a Praça do Japão.

De acordo com a Prefeitura Municipal, a implantação dos 25 ônibus biarticulados vai permitir o retorno dos transportes públicos, através, da correção viária. A ampliação será no trecho do eixo Norte-Sul de transporte, onde a Praça do Japão encontra a Avenida República Argentina.

Ao saberem deste projeto, moradores da região criaram o movimento “SOS Praça do Japão”. Segundo o movimento, o símbolo de cultura e lazer não pode ser destruído. De acordo com o Instituto de Pesquisa Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), após audiências públicas, o projeto foi apresentado em 2011. As obras foram iniciadas em 2014, no entanto, a medida que amplia o transporte público não foi implantado.

Quando a Prefeitura Municipal informou que o projeto seria retomado, o Conselho de Segurança do Batel (Conseg) entrou com um pedido de ação civil pública no Ministério Público do Paraná. O conselho pede que qualquer alteração na região seja feita, por meio, de audiências públicas. Segundo Mauro Magnabosco, a Praça do Japão não será prejudicada.

O Ligeirão deve atender mais de 36 mil pessoas, por dia. A expectativa da Prefeitura é que 40% dos usuários da linha que sai do Santa Cândida e vai até o Capão Raso utilizem os 25 novos ônibus biarticulados.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*