Irati recebe unidade do Erasto Gaertner

Ambulatório de oncologia do Hospital Erasto Gaertner em Irati, no Centro-Sul do Paraná. (Foto: Arnaldo Alves/ANPr)

A cidade de Irati, no centro-sul do Paraná, tem agora o próprio ambulatório do Hospital Erasto Gaertner. Esta é a primeira unidade da instituição fora de Curitiba e a inauguração foi na última sexta-feira (27). O espaço funciona nas instalações da Associação do Núcleo de Apoio ao Portador de Câncer de Irati e o município foi escolhido por ser um dos que mais encaminha pacientes à Curitiba. É o que explica o superintendente do Hospital Erasto Gaertner, Adriano Lago.

Atualmente, cerca de 200 pacientes da cidade no centro-sul paranaense são tratados em Curitiba. O prefeito de Irati, Jorge Derbli (PSDB), ressalta que o novo ambulatório deve impactar nos atendimentos em toda a região.

A unidade vai receber R$ 200 milpor mês em repasses do governo do Estado como incentivo de custeio para manter o serviço. O montante é o mesmo disponibilizado à sede do Erasto em Curitiba, à Uopeccan de Cascavel, na região oeste, e ao Hospital do Câncer de Londrina, no norte paranaense, segundo o secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto.

Além de ganharem uma unidade do Erasto Gaertner, os moradores de Irati também contam com os serviços prestados pela Santa Casa. A instituição é referência para a Rede Mãe Paranaense e Paraná Urgência e recebe, anualmente, R$ 3,8 milhões em repasses do governo. O Executivo estadual liberou ainda R$ 12 milhões para o Hospital da Uopeccan de Umuarama, no oeste, para obras e equipamentos. Em Londrina, o Hospital do Câncer já recebeu R$ 5,2 milhões para aumentar as instalações e deve ser beneficiado por mais R$ 3 milhões em recursos públicos. E a Administração Estadual também deve apoiar a criação de um serviço público de Oncologia em Ponta Grossa, nos campos gerais.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*