Lotéricas podem ser obrigadas a prestar atendimento em no máximo, 20 minutos

Foto: Chico Camargo/CMC

Foto: Chico Camargo/CMC

As casas lotéricas de Curitiba podem ser obrigadas a prestar o atendimento ao cliente em, no máximo, 20 minutos. Um projeto de lei na Câmara Municipal determina que os estabelecimentos obedeçam às mesmas regras já aplicadas aos bancos.

O tempo de espera sobe para 30 minutos em vésperas ou após feriados prolongados e nos dias de pagamento dos funcionários públicos municipais, estaduais e federais.

O autor do projeto, vereador Serginho do Posto (PSDB) diz que o objetivo é garantir que o cliente dos bancos, direcionado às lotéricas, também receba um atendimento que seja o mais rápido possível.

Para garantir a fiscalização, o vereador diz que o Legislativo deve contar com a atuação do Procon.

Em caso de descumprimento, o projeto estabelece multas que se iniciam em R$ 250 e sanções que podem chegar a suspensão do alvará. Antes de poder seguir para votação em plenário, o texto ainda passa por análise das comissões internas da Câmara.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*