Maior fábrica de cigarros clandestinos no país é descoberta no PR

A Polícia Federal descobriu no Paraná a maior fábrica clandestina de cigarros do país. O barracão fica localizado na região do município de Sapopema, no norte do estado. A polícia chegou ao local depois de 4 meses de investigação. O chefe de operações da delegacia da PF em Londrina, delegado Elvis Secco, conta que o esquema de falsificação era bastante complexo e organizado. Pelas investigações, a fábrica funcionava 24 horas por dia. A capacidade de produção era de 100 caixas de cigarro por HORA, o que chega a representar quase duas mil e quinhentas caixas por dia. Isso possibilitava que o grupo enviasse uma carreta a cada dia para diversas regiões do país, como explica Secco. E além de falsificar os cigarros, a polícia descobriu que 04 paraguaios trabalhavam em sistema de escravidão no local. A PF agora investiga as pessoas responsáveis pela fábrica. Os acusados devem responder por crime contra Saúde Pública, crime de Sonegação, de contrabando e descaminho, formação de quadrilha, crime contra organização do trabalho e crimes ambientais.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*