Mais de R$ 2 bilhões em dívidas de impostos com o Estado são renegociadas

Dois bilhões, 650 milhões de reais em dívidas de impostos com o estado foram renegociadas com o governo segundo o balanço da Secretaria da Fazenda divulgado hoje (quarta). Isto representa apenas 17% do total da dívida tributária ativa, que soma 15 bilhões e 200 milhões de reais. Deste valor, três bilhões e 400 milhões se referem a empresas ativas. Uma lei estadual elaborada pelo próprio governo e aprovada pela Assembleia Legislativa permitiu o parcelamento das dívidas com o estado em até 120 meses. Os devedores ainda podem pagar os débitos à vista com descontos nas multas e juros. O prazo se encerra no dia 31 deste mês. O secretário da fazenda, Luiz Carlos Hauly, considera o balanço positivo.

Ele explica que esta é última chance de as empresas regularizarem a situação com o fisco.

A maior parte das dívidas com o estado, 98%, é referente a atrasos no pagamento do ICMS.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*