Membros do PSDB de Paranaguá pedem apoio para novos nomes para prefeitura

O vice-prefeito de Paranaguá, Fabiano Vicente Elias, e o vereador Eduardo Francisco Costa de Oliveira, únicos membros do PSDB com mandatos eletivos na cidade, pediram ontem que o diretório estadual do PSDB dissolva a atual comissão provisória, presidida por Alceu Maron Filho e apoie novos nomes para a prefeitura de Paranaguá nas eleições de outubro. A decisão foi tomada depois que o nome de Alceuzinho Maron apareceu na série de denúncias de favorecimento político no Porto de Paranaguá e troca de cargos por votos e apoio. A Polícia Federal chegou a prender esta semana dois integrantes do PSDB local: Vanderli Cunha do Rosário e Anderson Wanderci Pinto Barboza. O vereador Eduardo Francisco Costa de Oliveira disse que a sociedade parnanguara pede uma explicação política sobre o caso para as lideranças tucanas. Nada mais coerente, segundo ele, que se afastem os suspeitos de crime até que as denúncias sejam ou não comprovadas.

O vereador diz que o partido tem outros dois nomes fortes para concorrer a prefeitura de Paranaguá: o do vice-prefeito Fabiano Vicente Elias e do empresário Lourenço Fregonese, que foi deputado estadual.

O vice-prefeito de Paranaguá, Fabiano Vicente Elias, garante que não se trata de perseguição política pelo fato de Alceuzinho Maron ter saído do PPS para ir ao partido concorrer às eleições deste ano. De acordo com ele, a questão é mais séria e envolve a imagem do partido.

A reunião entre lideranças do PSDB de Paranaguá e a Executiva do Paraná deverá ser na segunda-feira à noite. A investigação do Ministério Público aponta Alceuzinho Maron como suposto responsável pelas promessas indevidas feitas pelos políticos agora presos. Ele teria prometido aos envolvidos que influenciaria seu primo Airton Maron – ex-superintente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) – para conseguir cargos comissionados no Porto de Paranaguá e Antonina. A BandNews ligou hoje novamente para o tucano Alceuzinho, mas não conseguiu localizá-lo.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*