Moradores da região Sul do Brasil são os que têm alimentação menos saudável

Imagem ilustrativa

Imagem ilustrativa

Os moradores da região Sul do Brasil são os que têm uma alimentação menos saudável comparada às demais localidades do país. De acordo com um levantamento realizado pelo Ibope Conecta, 73% dos sulistas não costumam ingerir cinco porções diárias de frutas e verduras, ou seja, apenas uma em cada quatro pessoas consegue manter uma dieta balanceada.

Levando em conta todas as regiões do país, devido a rotina corrida, 80% dos brasileiros não conseguem manter uma dieta saudável e a população do Sul é a que está menos preparada a enfrentar mudanças em prol da saúde. 40% dos sulistas consideram-se dispostos, mas acham difícil botar o plano em prática.

Em seguida, a população do Norte e Centro Oeste, com 37% e o Sudeste, com 31%. A região nordeste foi considerada a mais interessada em melhorara alimentação: 70% afirmaram que estão preparados para as mudanças. A médica especialista em nutrologia, Ivy Gea, explica que o objetivo dessa pesquisa foi traçar um perfil do estilo de vida do brasileiro em relação aos hábitos alimentares e, a partir disso, verificar se as pessoas estão dispostas a fazer mudanças em prol da saúde.

Na média nacional, os brasileiros que mais se preocupam em manter uma alimentação balanceada mesmo na correria são as mulheres, de classe A e os nordestinos, que buscam incluir frutas, verduras e legumes mesmo quando comem lanches rápidos. Em dias corridos, 52% dos brasileiros da Região Sul comem o que estiver disponível e 4% esquecem de comer. Só 28% dos sulistas se preocupam em incluir frutas e verduras naquele lanche feito na correria. De acordo com a médica, fazer pequenas mudanças na rotina diária pode ser o caminho para uma efetiva melhora na qualidade de vida.

A pesquisa ouviu mil pessoas com idades entre 25 e 50 anos das classes A e B em todo o país.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*