Moro começa a ouvir os réus da fase da Lava Jato batizada de Cobra, entre eles está o empresário Marcelo Odebrecht

Imagem / divulgação – arquivo

Iniciaram nesta quinta-feira (09) os interrogatórios dos réus da fase da Lava Jato batizada de Cobra, que tem como principal alvo o ex-presidente da Petrobras, Aldemir Bendine. O empreiteiro Marcelo Odebrecht foi ouvido pela manhã. Ele prestou depoimento ao juiz Sérgio Moro por uma hora e meia. Durante à tarde, serão interrogados o doleiro Álvaro Novis e o ex-presidente da Odebrecht Ambiental, Fernando Luiz Ayres.

Como são delatores, eles precisam responder a todos os questionamentos em juízo. Os outros três réus desta ação penal prestam depoimento no dia 22. Serão ouvidos neste dia, além de Bendine, os irmãos e operadores financeiros André Gustavo e Antônio Carlos Vieira. Na ocasião, o juiz Sérgio Moro vai abrir o prazo para que as defesas dos réus apresentem os pedidos de diligências complementares. Na sequência devem ser entregues as alegações finais ao processo. Depois disso, os autos retornam as mãos do juiz que define as sentenças.

Aldemir Bendine é acusado de receber três milhões de reais em propina da Odebrecht para facilitar a participação da empreiteira em contratos com a Petrobras.

Os pagamentos teriam sido feitos em espécie pouco tempo depois de Bendine assumir o cargo, entre os meses de junho e julho de 2015. Ele foi nomeado pela então presidente Dilma Rousseff justamente com a função de acabar com a corrupção na estatal. A denúncia foi recebida por Moro no final do mês de agosto. Os réus são acusados dos crimes de corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, organização criminosa e embaraço às investigações.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*