Morte por Gripe A em Santa Catarina não muda controle na divisa

A primeira morte pela Gripe A no estado vizinho de Santa Catarina, no último fim de semana, não deve mudar os controles sanitários na divisa com o Paraná. A afirmação é do superintendente de vigilância em saúde aqui do estado, Sezifredo Paz, sobre a menina de dois anos que morrei em Itajaí, por complicações causadas pela doença. De acordo com Sezifredo, não há porque mudar os protocolos, até porque já foram registrados casos de gripe A aqui no estado.

A gripe A, que já provocou uma grande pandemia há alguns anos, agora está sob controle. Mas, Sezifredo considera que o vírus da doença ainda circula no país.

Em todo o estado, mais de 300 mil pessoas já se vacinaram contra a gripe.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*