Motoristas e cobradores do transporte público de Araucária cruzam os braços nesta terça-feira

600 trabalhadores do transporte público de Araucária, Região Metropolitana de Curitiba, decidiram cruzar os braços nessa terça-feira. A paralisação afeta cerca de 40 linhas que atendem a área urbana e rural do município. Segundo o Secretário do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana, Adão Farias, a categoria reinvindica o pagamento do adiantamento quinzenal que estaria atrasado em uma semana.

 A empresa Tindiquera informou em nota que foi realizada na última segunda-feira uma reunião com a Companhia Municipal do Transporte Coletivo de Araucária e ficou acertado que a companhia faria o repasse para a empresa dentro do previsto. No entanto, isso só foi feito na manhã de hoje. Portanto, a empresa garante que está providenciando a transferência dos valores às contas dos trabalhadores. Enquanto isso não acontece, motoristas e cobradores afirmam que só voltam a trabalhar quando receberem o adiantamento.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*