Motoristas reclamam de faixas estreitas

Motoristas reclamam que a Prefeitura de Curitiba pintou faixas muito estreitas no bairro Mercês, o que dificulta a circulação dos carros. Em alguns trechos em que deveriam passar quatro veículos, é praticamente impossível conseguir trafegar. Na Padre Agostinho, por exemplo, entre a Visconde do Rio Branco e a Cândido Hartmann, há quatro faixas com tamanhos que variam de dois metros e 20 a dois e 40. O motociclista Sérgio Granco diz que com faixas tão apertadas fica difícil dirigir. Ele conversou com Amanda Menezes.

O industrial Daniel Manzani reclama do mesmo problema.

Na Jacarezinho a situação não é diferente. O vigilante Leandro Araújo tem uma moto e diz que já levou muitas “cortadas” porque não tem espaço para passar.

O secretário municipal de trânsito Marcelo Araújo justifica que não existe uma regulamentação para o tamanho que as faixas das pistas devem ter e por isso a Prefeitura não tem um padrão. Ele defende que reduzir o número de faixas para aumentar a largura iria prejudicar o trânsito.

O secretário também diz que as faixas mais estreitas evitam que o motociclistas andem entre os carros.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*