MP acusa Derosso de nepotismo

O Ministério Público do PR ajuizou hoje ação civil contra o ex-presidente da Câmara de Vereadores de Curitiba, João Claudio Derosso. A ação é por improbidade administrativa e foi motivada pela prática de nepotismo na Casa. A sogra e a cunhada de Derosso foram contratadas por indicação dele. O MP pede ainda que ele faça o ressarcimento dos cofres públicos, perca a função pública e também perca os direitos políticos por até cinco anos. No último dia 10, o MP já havia ingressado com uma ação contra Derosso, pedindo a devolução de R$ 2,5 milhões.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*