MP investiga uso de celulares pelos vereadores de Ponta Grossa

Auditores do Ministério Público vão investigar o uso de telefones celulares pelos vereadores de Ponta Grossa. A Promotoria começou a investigar o uso irregular dos telefones quando um vereador usou o celular do Legislativo para sortear uma espécie de licor de vinho em uma promoção para divulgar um baile funk realizado na cidade. A promoção foi feita via Facebook pelo vereador George Luiz de Oliveira (PMN). De acordo com o texto dele, as primeiras 15 mensagens de mulheres ganhariam a entrada para show em camarote e uma garrafa de bebida alcoólica. O baile foi realizado em novembro do ano passado. O presidente da Câmara de Ponta Grossa, Maurício Silva (PSB), disse que o uso dos celulares é legal. E que qualquer parlamentar que usar para outros fins que não o Legislativo, terá que responder por isso.  No ano passado, as despesas da Câmara de Vereadores com telefonia somaram mais de R$ 95 mil. Neste ano, o Legislativo registrou gastos de quase R$ 17 mil. O vereador George Luiz de Oliveira foi procurado pela BandNews, mas não retornou às ligações. Em nota, ele defendeu a inexistência de ilegalidade. Segundo ele, seria crime se ele passasse uma mensagem do telefone celular da Câmara e não o contrário: divulgar a festa, pedindo para que as pessoas passassem mensagem. O vereador disse  ainda que a postagem no Facebook foi feita pelo filho, de 16 anos.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*