MST deixam cruzes em avenida para lembrar massacre de Carajás

Várias cruzes foram colocadas nas calçadas da Avenida Victor Ferreira do Amaral por manifestantes do movimento Sem Terra durante uma passeata, hoje, em Curitiba. As peças estavam nas proximidades do Colégio Militar, no bairro Tarumã, para lembrar o que ficou conhecido como o Massacre de Carajás, onde cerca de 20 sem-terra foram mortos durante um confronto contra policiais militares, no Pará, no ano de 96. Os integrantes do MST que estão em Curitiba bloquearam hoje de manhã a Linha Verde, na altura da Victor Ferreira do Amaral, no Tarumã. A manifestação deixou a Linha Verde ainda mais congestionada que o normal.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*