Mulher é condenada a dois anos por falsificar cartão-transporte

Uma mulher foi condenada a dois anos de reclusão por falsificar um cartão-transporte da URBS. A informação foi divulgada nessa terça-feira pelo Tribunal de Justiça do Paraná. Ela colocou uma foto própria em um cartão de uma idosa, para não precisar pagar passagem. A condenada, que não teve o nome divulgado, recorreu da decisão para reduzir a pena.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*