Não há previsão para chegada de helicópteros na Sesa

A compra de cinco helicópteros para a Secretaria de Saúde do Paraná para transportar pacientes ainda não tem previsão de sair do papel. Esta era uma das promessas de campanha do governador Beto Richa. Os helicópteros iriam servir para transportar pacientes em estado grave de municípios pequenos para cidades maiores, com hospitais com profissionais e equipamentos adequados para atender às pessoas. No entanto, segundo o secretário estadual de saúde, Michele Caputo Neto, o governo vai continuar usando o helicóptero da Polícia Rodoviária Federal. Caputo Neto fez um balanço dos trabalhos hoje na Assembleia Legislativa do Paraná, e também falou sobre a implantação da Central Online de Leitos do SUS. A distribuição de leitos que hoje é feita por telefone e fax passará a ser digital, com um sistema online. No entanto, o secretário não deu um prazo para a Central ser implantada. O orçamento deste ano tem 340 milhões de reais a mais para a saúde.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*