No Dia Mundial do Refugiado, aplicativo abre cadastro para motoristas estrangeiros

(Foto: divulgação/99)

A partir de hoje (20), Dia Mundial do Refugiado, a 99 vai abrir uma plataforma para cadastro de motoristas estrangeiros. Segundo a empresa, o aplicativo foi aperfeiçoado com mecanismos para que imigrantes possam ser condutores parceiros. A 99 deve firmar colaboração com o Instituto Adus. A ONG auxilia pessoas em situação de refúgio a reconstruírem as vidas no Brasil.

Entre os projetos do Adus estão um curso de português, qualificação profissional e ações culturais. O aplicativo também oferece parcerias com locadoras de veículos para beneficiar os novos imigrantes. Condutores que já sejam parceiros ou que estejam interessados em se cadastrar poderão alugar carros a preços menores e ter direito a bônus especiais.

Segundo o coordenador de comunicação da 99, Raul Montenegro, o curitibano pode ficar tranquilo em relação aos condutores refugiados. A empresa, antes de habilitar o condutor, faz toda uma checagem sobre o histórico.

Segundo a empresa, a ação abre portas para recém-chegados no Brasil que ainda não possuam veículo. Eles vão poder alugar um carro economizando em manutenção e seguro, por exemplo. Para se cadastrar, os refugiados precisarão de um número de CPF e de uma Carteira Nacional de Habilitação com licença para exercer atividade remunerada (EAR) no Brasil.

Os documentos precisam ser obtidos com o governo brasileiro. Raul destaca que a expectativa de adesão é grande e será uma oportunidade de gerar renda aos refugiados.

A empresa ainda não tem uma estimativa do número de profissionais que devem aderir ao programa. Para mais informações, os interessados podem comparecer ao Centro de Atendimento e Treinamento da 99 em Curitiba, que fica na Rua Fernando Amaro, número 60, no bairro Alto da 15.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*