Novos CMEIs devem garantir pelo menos 600 vagas para educação de crianças

A Prefeitura de Curitiba vai abrir a partir da próxima segunda-feira (12) dez novos centros municipais de educação infantil (CMEIs) para atender parte das crianças cadastradas para vagas em creches. A previsão da administração é de que pelo menos 600 vagas fiquem disponíveis às famílias.

A secretária municipal de educação, Maria Silvia Bacila, explica que neste primeiro momento, o atendimento nos centros municipais deve ser parcial. Ela esclarece que a direção de cada unidade e um conselho da comunidade faz visitas às famílias para avaliar quais crianças terão prioridade no acesso a matrícula.

Em novembro de 2017 foram abertos os CMEIs Milton Luiz Pereira, no Campo de Santana, e Jornalista Mussa José de Assis, no Ganchinho. A secretária municipal de educação ressalta que foi necessária uma readequação no quadro de servidores para conseguir atender ao cronograma de atendimento previsto.

Atualmente, em média, 6.500 crianças aguardam uma vaga em creches municipais. De acordo com a prefeitura, no ano passado 2.200 vagas foram criadas e para 2018 a expectativa é de que mais 1.050 sejam disponibilizadas.

A secretária Maria Silvia Bacila diz que Curitiba já superou a meta prevista no Plano Nacional de Educação de atendimento de 50% de crianças de 0 a 3 anos de idade. No entanto, ela diz que não é possível, pelo menos por enquanto, zerar a fila de quem espera uma vaga nos CMEIs.

Em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (08), a secretária disse ainda que Curitiba atingiu, antes do prazo, a meta do Plano Municipal de Educação de oferecer tempo integral em metade das escolas da rede. A meta, prevista para o ano de 2020, determina que a oferta da educação em tempo integral deve ser de, no mínimo, 50% das escolas públicas.

Além disso, os estabelecimentos devem atender, pelo menos, 25% dos estudantes da educação básica do município. Curitiba tem hoje 92 escolas integrais entre as 182 de educação básica, totalizando o atendimento de 25.530 estudantes entre os mais de 140 mil da rede. Isso equivale a 50,2% da meta proposta no documento.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*