Número de carteiras cassadas ou suspensas no Paraná cresce mais de 60%

Aumentou em mais de 60% o número de motoristas que tiveram a carteira cassada ou suspensa no Paraná. De janeiro a junho deste ano foram pouco mais de 61 mil condutores com problemas na carteira de habilitação. Neste mesmo período de 2017 foram 35 mil e oitocentos. O número deste ano está tão alto, que quase atingiu os dados do ano passado inteiro, que teve 77 mil motoristas com carteiras cassadas ou suspensas no Estado.

Segundo o especialista em trânsito, Celso Mariano, muitos condutores se acomodam, principalmente pela falta de fiscalização.

De acordo com Celso Mariano, os jovens ainda são os mais imprudentes.

A suspensão é quando o motorista atinge 20 pontos na CNH no prazo de 12 meses ou é flagrado cometendo alguma infração suficiente para suspensão, como dirigir bêbado. Para reaver a carteira, é preciso fazer um curso de reciclagem.

Já a cassação é quando o infrator, que teve o direito de dirigir suspenso, é flagrado conduzindo um veículo. A cassação dura dois anos. Após esse período é necessário fazer todo o processo para retirar a habilitação novamente.

 

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*