Número de transplantes aumenta no Paraná

O Paraná aumentou em 15% o número de transplantes realizados no primeiro semestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. Foram 957 procedimentos de janeiro a junho de 2016 – 125 a mais do que os 852 registrados nos primeiros seis meses de 2015. O número chama a atenção e acompanha uma tendência nacional.

Em meio ano, o Brasil bateu o recorde de doador por milhão da população, com 1.438 doadores, ou seja, 7,4% a mais do que o apurado na primeira metade do ano passado. Isso permitiu a realização de mais de 12 mil procedimentos em todo o país. De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Michele  Caputo Neto, esse resultado é fruto dos 146 doadores identificados na região, o que levou ao índice de 13 doadores por milhão de população.

O secretário foi inclusive contemplado com o prêmio anual ‘Destaque da Doação de Órgãos e Tecidos no Brasil’, do Ministério da Saúde, e falou sobre a recente mudança de cenário no Paraná.

O mês de setembro é dedicado à doação de órgãos e isso devido ao Dia Nacional de Doação de Órgãos, celebrado no próximo dia 27. De olho na constante ampliação do volume de doadores, o Ministério da Saúde lançou uma campanha nesta semana para conscientizar as pessoas sobre o assunto. Com o slogan “Viver é uma grande conquista.

Ajude mais pessoas a serem vencedoras”, a iniciativa é estrelada por atletas transplantados em alusão aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016. Desde 2011, o Estado aumentou a quantidade de doações de órgãos em quase 200%.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*