O PT de Curitiba define neste domingo o rumo do partido na eleição deste ano

Os 2 mil e 600 filiados (1800  deles em dia com o partido e, portanto, com direito a votar) elegem os 300 delegados que nos dias 27 e 28 vão escolher entre o apoio a candidatura do ex-deputado federal Gustavo Fruet (PDT) para a prefeitura de Curitiba ou candidatura própria. Os delegados já defenderam uma tese pronta. Na chapa 1, os delegados defendem aliança com Gustavo Fruet por acreditarem que o nome dele é o melhor para a cidade. É o caso do deputado federal André Vargas, que tem o apoio dos ministros Gleise Hoffmann e Paulo Bernardo na chapa 1.

A chapa 2, liderada pelo deputado federal Doutor Rosinha, quer candidatura própria. Entre os nomes que poderiam disputar pela legenda a prefeitura de Curitiba estariam o do próprio Rosinha e do deputado estadual Tadeu Veneri. Apesar de serem contra candidatura própria, os nomes de Gleisi Hoffmann e Ângelo Vanhoni também são citados pelos defensores da causa. Rosinha insiste que o PT não pode perder a oportunidade da disputa.

A eleição é neste domingo, entre 9h e 17h, nas urnas eleitorais divulgadas no site do pt, que é o www.ptcuritiba.org.br.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*