OAB quer providências contra site que facilita criação de 'lista negra' de trabalhadores

Foto: reprodução

Foto: reprodução

Um site que facilita a criação de uma ‘lista negra’ de trabalhadores que já moveram ações judiciais contra empregadores é alvo de uma ação da Ordem dos Advogados do Brasil no Paraná. A OAB de São José dos Pinhais fez um pedido de providências ao Conselho Superior da Justiça do Trabalho e ao Ministério Público do Trabalho com relação ao site Escavador.com. Nele, é possível encontrar várias informações a respeito de qualquer pessoa, inclusive os processos já movidos. Para o vice-presidente da OAB de São José dos Pinhais, Jaiderson Rivarola, o site dificulta a admissão de trabalhadores, ao permitir que as empresas consultem o histórico de ações judiciais.

Para ele, as ações trabalhistas devem tramitar em segredo de Justiça, a fim de proteger as partes envolvidas.

Segundo o ‘Escavador’, no site são quase 33 milhões de dados compilados. Não há telefone ou e-mail de contato disponível do administrador. O objetivo desta página na internet, segundo o próprio site, é “coletar informações da web profunda, que se refere ao conteúdo disponível na rede que não é indexado pela maior parte dos buscadores, e disponibilizá-las de maneira significativa e organizada”.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*