Operação-padrão da PF causa transtornos nos aeroportos do PR

Duas pessoas foram presas durante a operação da Polícia Federal no aeroporto de Cascavel. Eles tentavam embarcar com 30 mil comprimidos de viagra e mil ampolas de anabolizantes. A bagagem foi apreendida e os responsáveis encaminhados para a delegacia.  Em Curitiba, 22 vôos foram cancelados durante a manhã no aeroporto Internacional Afonso Pena. Doze deles de chegada e 10 de partida. O motivo é a operação-padrão realizada das 6h até às 10h50 pelos Policiais Federais. Todos os passageiros tiveram as malas revistadas e isso prejudicou o funcionamento do aeroporto. O pátio de manobra de aviões ficou lotado por isso as chegadas também foram prejudicadas. O empresário Luiz Zanetti tentava pegar um voo para Foz do Iguaçu, porém vai perder a reunião.

O engenheiro Gilmar Machado pegou férias depois de 11 anos e elas começaram perturbação.

Os policiais estão em greve há mais de uma semana no estado. O presidente do sindicato dos policiais federais do Paraná, Fernando Vicentini relata que a operação-padrão foi retomada por causa de uma reunião que foi realizada ontem (quarta) com o governo e não trouxe avanço nenhum nas negociações.

As duas horas da tarde está marcada uma assembleia na superintendência da PF aqui em Curitiba. Em Foz do Iguaçu, no oeste do estado, também há operação-padrão no aeroporto e na Ponte de Amizade. De acordo com o presidente do sindicato, hoje (quinta), a emissão e a retirada de passaportes também está suspensa.

Para amanhã (sexta), a categoria planeja novas manifestações. Os policiais paralisaram as atividades para cobrar do governo federal a reestruturação do plano de cargos e carreiras, a ampliação do efetivo policial e maior valorização da categoria.

 

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*