Operação-padrão da PRF causa congestionamentos nas rodovias de Curitiba

Policiais Rodoviários Federais do Paraná fizeram hoje de manhã uma operação-padrão de fiscalização de veículos em Curitiba e outras três cidades do estado. O foco foi principalmente nos caminhões de carga. Na capital do Paraná, a PRF fez 3 pontos de interdição: dois na BR 116 e um na 376. Em um deles, com menos de uma hora de operação, o congestionamento já chegava a mais de 6 km em cada sentido. Isso porque a primeira abordagem aos veículos era feita ainda na pista. Vários caminhoneiros foram autuados por irregularidades no veículo, no entanto de acordo com a polícia, não houve prisões. Os oficiais pedem reajuste salarial e melhores condições de trabalho. Caso não haja sinal de negociação, eles prometem novas manifestações. Quem explica é o diretor do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais do Paraná, Sidnei Nunes. Ele conversou com Ricardo Pereira.

Os motoristas precisaram ter muita paciência para enfrentar a fila. O caminhoneiro Roque Vicente foi abordado e diz concordar com a operação, mas acredita que ela poderia ter sido mais bem planejada.

O também caminhoneiro Giscar Soares foi parado e advertido porque a película do vidro estava irregular. Revoltado, ele precisou atrasar a viagem.

A operação de hoje aconteceu também em Foz do Iguaçu, Londrina e Ponta Grossa. Ontem à tarde, uma ação semelhante aconteceu na BR 476. Caminhões com carga inflamável foram vistoriados e o congestionamento na rodovia chegou a 15 km.

 

 

 

 

 

 



 

 

 

 

 

 

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*