Orquestra Sinfônica apresenta concerto especial relembrando clássico do cinema mudo

O clássico filme Luzes da Cidade, de Charlie Chaplin, será exibido neste fim de semana no Teatro Guaíra de uma forma bem especial: com a trilha feita toda ao vivo pela Orquestra Sinfônica do Paraná.

O concerto será no sábado (21), às 8h30 da noite e no domingo (22), às 10h30 da manhã. Os ingressos custam apenas R$ 20.

O curioso é que, além de atuar no filme e dirigir a película, Chaplin também compôs a trilha sonora. O violinista da Orquestra Sinfônica do Paraná, Ângelo Martins, conta que apenar de não saber colocar os acordes em uma harmonia, Chaplin narrava para os compositores aquilo que queria ouvir e só aceitava quando estivesse exatamente do jeito que ele havia imaginado.

Charlie Chaplin era conhecido em Hollywood como um perfeccionista. Tanto era que o filme Luzes da Cidade levou quase 3 anos para ser concluído. O enredo conta a história do personagem Vagabundo, interpretado por Chaplin, que se apaixona por uma jovem florista cega.

Ele fica amigo de um milionário que lhe promete emprestar o dinheiro para ajudar a florista a volta a enxergar, porém o homem só se lembra deste acordo quando está bêbado. A partir daí Chaplin se mete em inúmeras confusões.

O violinista da Orquestra Sinfônica do Paraná destaca que o concerto deste final de semana será nostálgico e irá relembrar os tempos dourados do cinema mudo, quando a música era primordial na composição do enredo.

Charlie Chaplin era britânico fez sucesso na era do cinema mudo. A música tema de Luzes da Cidade, de 1931, “La Violetera”, foi a primeira experiência com composição de Chaplin. Ele morreu em 25 de dezembro de 1977 deixando oito filhos e um legado de valor inestimável para a história do cinema mundial.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*