Para garantir o direito ao voto, eleitor não pode ser preso a partir desta terça-feira

band-eleicoes-2014A partir desta terça-feira (30), nenhum eleitor pode ser preso ou detido, salvo em flagrante até 48 horas depois do encerramento das eleições. A determinação está no Código Eleitoral e é uma garantia ao direito ao voto que o eleitor precisa ter.

Desde o último dia 20, os candidatos também não podem ser presos. Se houver segundo turno, a proibição da prisão de eleitor será entre os dias 21 de outubro até 48 horas após o fim do pleito.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*