Paraná tem quase 35 casos diários de violência contra crianças e adolescentes

Quase trinta e cinco casos de violência contra crianças e adolescentes são registrados a cada dia no Paraná. Dados da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária apontam que, de janeiro a agosto deste ano, houve oito mil quinhentas e trinta e três ocorrências do tipo em território paranaense. Desse total, 2.104 foram episódios de estupro ou atentado violento ao pudor, 6.270 de lesão corporal e 159 de corrupção de menores.

Os números assustam apesar da tendência verificada ao longo dos últimos anos de redução nos crimes contra essa parcela da população. Para a promotora Tarsila Santos Teixeira, da Promotoria de Infrações Penais contra Crianças, Adolescentes e Idosos de Curitiba, ainda é longo o caminho das autoridades até que um cenário positivo se estabeleça em definitivo.

Ainda conforme a Sesp, em todo o ano de 2015 foram 12.935 casos de violência contra menores, o que leva a uma média de quase 1.078 mensais e de aproximadamente 36 por dia. Em 2014, por sua vez, houve treze mil novecentas e oitenta e sete ocorrências, ou perto de 1.166 por mês, ou ainda algo em torno de 39 a cada 24 horas.

Desta forma, apesar de ser uma realidade, a diminuição no volume de registros é sutil demais para ser encarada como positiva. Principalmente considerando que só 15% dos episódios são denunciados.

Em 2016 e 2015, o mês de agosto foi o que mais concentrou casos de estupro ou atentado violento ao pudor contra crianças e adolescentes no Paraná. Foram 301 e 295, respectivamente. Já em 2014 o recorde de registros ficou com o mês de novembro, que teve 309 episódios. Comparativamente, a redução de ocorrências em 2016 em relação a 2015 representa apenas 1,05%. Já na relação com os números de 2014, essa queda foi de 8,5%.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*