Paróquias começam a venda do bolo de Santo Antônio

Foto: Lorena Pelanda/Band News FM

O dia de Santo Antônio é comemorado pelos católicos somente na próxima quarta-feira (13), mas algumas paróquias já começaram a vender o tradicional bolo do “santo casamenteiro”. Em Curitiba, uma delas é a Paróquia Imaculada Conceição do Guabirotuba. Segundo a voluntária da paróquia Márcia Reis, as vendas começaram logo após o almoço com uma fila enorme de gente a espera do quitute.

Foto: Marcelo Wendler/Colaboração

Na paróquia do Guabirotuba são cinco mil pedaços de bolo de vários sabores como beijinho, brigadeiro e doce de leite. Dentro da massa, feita de pão de ló, duas mil imagens de Santo Antônio estão à disposição dos fieis. Hoje, o bolo será vendido até às 20h. Cada fatia custa cinco reais. No fim de semana também iniciam-se as vendas nas Paróquias Santo Antônio do Parolin, Orleans e Uberaba e nos Santuários de São José e Nossa Senhora do Carmo.

Foto: Marcelo Wendler/Colaboração

Na Paróquia Senhor Bom Jesus dos Perdões, no Centro de Curitiba, em frente à Praça Rui Barbosa, os preparativos estão a todo o vapor. As vendas por lá começam na segunda-feira (11). Dezesseis toneladas de bolo estão sendo preparados com 20 mil santinhos.  Reza a lenda que quem acha a medalha do santo encontra também um grande amor. No ano passado, a secretária administrativa, Franciele de Oliveira Lopes, comprou um pedaço de bolo para uma amiga. Ele veio premiado e, de acordo com ela, fez jus à fama de casamenteiro.

Foto: Marcelo Wendler/Colaboração

De acordo com a voluntária da Paróquia Senhor Bom Jesus dos Perdões, Claudionora Conceição dos Santos, depois do casamento, o segundo pedido mais feito pelos devotos é por um novo emprego.

Mais de 150 voluntários contribuem para o vigésimo quarto evento de Santo Antônio da Paróquia Bom Jesus. As comemorações começam na próxima segunda-feira, a partir das 6h30 e vão até às 20 horas. Cada pedaço do bolo custa cinco reais.

Foto: Marcelo Wendler/Colaboração

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*