Pesquisa aponta o que precisa melhorar na infra-estrutura de Curitiba

Uma pesquisa do IBGE divulgada hoje mostra a situação de infraestrutura urbana dos domicílios brasileiros. Curitiba se destaca, principalmente, em cinco categorias. A capital é a quinta no quesito arborização, ou seja, no número de árvores nos centros urbanos. O percentual de domicílios que contam com área verde é de 76,4%, o que deixa Curitiba à frente da média nacional (que ficou em 68%), mas atrás de Goiânia, Campinas, Belo Horizonte e Porto Alegre. A capital também ficou em segundo lugar entre as que mais possuem ruas identificadas e entre as cidades com maior número de bueiros. Mas Curitiba ostenta posições não tão boas quando o assunto é quantidade de ruas com calçamento e com meio fio. Para o chefe do IBGE no Paraná, Sinval Dias dos Santos, não há preocupação com relação ao percentual de arborização de Curitiba.

Ele explica que esse levantamento deve auxiliar o poder estadual e também municipal a pensar sobre as principais necessidades das cidades.

Curitiba aparece entre as cidades com menor quantidade de esgoto a céu aberto. Com relação ao número de locais que servem de depósito de lixo a capital aparece em sexto lugar.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*