PF encontra 340 mil dólares em carro de traficante em Londrina

Imagem divulgação

Uma quantia de 340 mil dólares foi encontrada no carro de um dos maiores traficantes da América do Sul, em Londrina, no norte do estado. A Polícia Federal desmanchou ontem (terça, 19) o carro de Luiz Carlos Rocha, conhecido como cabeça branca, preso há dois meses, no Mato Grosso.

O dinheiro foi encontrado no forro do veículo, que estava no pátio da PF em Londrina. Durante as investigações de um dos crimes do traficante, a polícia verificou mensagens de celular que ele havia trocado com um responsável por fazer pagamentos aos produtores da droga que ele traficava.

Nos textos, o traficante teria ordenado ao subordinado que entregasse uma quantia em dinheiro, na cidade de Pedro Juan Caballero, na fronteira com o Brasil. No entanto, o homem foi preso enquanto iria realizar a transação e o carro apreendido.

Após investigar as mensagens de texto, o carro foi desmontado e o dinheiro descrito na conversa foi encontrado. Se convertida para a moeda brasileira, a quantia que estava escondida no carro equivale a cerca de um milhão de reais. Após o desmanche, a caminhonete dos criminosos será utilizada pela Polícia Federal e não será vendida, como outros bens do traficante “Cabeça Branca”.

Ontem (terça, 19), foi realizado um leilão de vários bens do criminoso. Outros materiais apreendidos, como os 50 aparelhos celulares que seriam usados apenas pelo traficante, vão permanecer com a PF, para aprofundar as investigações sobre a movimentação financeira e operacional do traficante. Luiz Carlos da Rocha é apontado pela Polícia Federal como um dos maiores traficantes do Brasil. Ele atuava principalmente traficando drogas em caminhões de soja e importando entorpecentes para a Europa pelo Porto de Santos.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*