Polícia de Ponta Grossa segue na busca de skinheads

A polícia de Ponta Grossa, nos Campos Gerais, segue procurando o grupo de skinheads que esfaqueou um jovem, de 19 anos, no último fim de semana. Ele andava com a namorada pelo centro da cidade, quando foi agredido pelo grupo com socos, chutes e três facadas. O caso segue em ritmo lento por causa da falta das imagens de segurança, que ainda não foram liberadas pela autarquia municipal. Nesta semana, a investigação passou da SubDivisão de Ponta Grossa para o segundo distrito policial, da região central da cidade. Naquela mesma noite, o grupo de skinheads se envolveu em outras duas confusões: uma com um grupo de punks e outra com mais um jovem, no terminal de ônibus urbano da cidade. O que foi esfaqueado disse à polícia que o grupo era de neonazistas, por causa das vestimentas deles.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*